Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Direitista favorito na Colômbia recebe críticas de guerrilheiros

Tarciso Morais

Tarciso Morais

COMPARTILHE

Os colombianos vão às urnas neste domingo (17) em um segundo turno presidencial polarizado, onde o candidato da direita Iván Duque é o favorito.

Na terça-feira (12), a guerrilha marxista Exército de Libertação Nacional (ELN) criticou o candidato Iván Duque, de direita, favorito para vencer o segundo turno das eleições presidenciais na Colômbia.

Segundo o ELN, o candidato apoiado por Álvaro Uribe não está interessado nas “negociações de paz”, que acontecem em Cuba.

Pablo Beltrán, negociador-chefe da guerrilha, declarou por meio de uma nota:

Duque desconhece a agenda de conversas pactada com o governo, o que significa que não está interessado na participação da sociedade na construção da paz.

Iván Duque deixou claro em diversas oportunidades durante a campanha presidencial que pretende revogar os acordos feitos pelo governo atual de Juan Manuel Santos com guerrilhas da Colômbia.

Com informações da Terra
- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.