Português   English   Español

Diretor do FBI diz que sociedade chinesa é uma ameaça aos EUA

O diretor do FBI, Christopher Wray, emitiu a advertência sobre a crescente influência da China durante uma audiência do Comitê de Inteligência do Senado na terça-feira (13/02).

O diretor do FBI reiterou uma visão comum entre os oficiais de inteligência dos EUA de que a China está buscando se tornar uma superpotência global através da utilização de meios não convencionais.

Christopher Wray alertou para uma variedade de maneiras pelas quais a China estava implementando este plano que, segundo ele, pode ser classificado como uma ameaça governamental e social para os Estados Unidos.

Falando perante o Comitê de Inteligência do Senado junto com os chefes de outras agências de inteligência do país, Wray disse que para minar o poder militar, econômico, cultural e de informação dos EUA em todo o mundo, a China estava usando uma ampla gama de métodos.

“Uma das coisas que estamos tentando fazer é enxergar a ameaça da China não apenas como uma ameaça governamental, mas uma ameaça de toda a sociedade. E, eu acho que nós vamos precisar de uma resposta de toda a sociedade”, disse o diretor do FBI.

Relatórios recentes sugeriram que, enquanto o Instituto Confúcio da China assume o papel de centro de aprendizagem de língua, ele geralmente serve como veículo para a propaganda chinesa em universidades de todo o mundo, incluindo na América.

 

Com informações de: [BI]

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter