Português   English   Español

Dirigentes do PT admitem situação complicada de Haddad

Dirigentes do PT admitem situação complicada de Haddad

Dirigentes petistas admitiram que é “muito difícil” reverter o quadro atual da corrida presidencial.

A vantagem de Jair Bolsonaro (PSL) sobre Fernando Haddad (PT) chegou a 28 pontos, segundo a última pesquisa DataPoder360.

Após não conseguir encontrar uma fórmula eficaz para conter a onda de apoio a Bolsonaro, a cúpula da campanha do PT entra na semana decisiva repetindo estratégias testadas —sem sucesso— desde a reta final do primeiro turno.

As lideranças petistas insistem que é preciso voltar à carga ao eleitor mais pobre e ser agressivo ao tentar desconstruir o capitão reformado se quiserem a virada inédita desde a redemocratização, segundo informações da Folha.

Em outras palavras: o Partido dos Trabalhadores (PT) sempre pode ficar mais histérico do que já está, como foi bem notado por O Antagonista.

Deixe seu comentário

Veja também...