Português   English   Español

Discurso de Ciro sobre a Venezuela alinhado com a extrema-esquerda

Nas redes sociais, muitas das declarações do pré-candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, no programa Roda Viva, da TV Cultura, geraram debates acalorados entre seus simpatizantes e opositores.

No entanto, nenhuma provocou tanto a revolta dos internautas quanto os ataques que Ciro Gomes desferiu contra a oposição à ditadura comunista de Nicolás Maduro, na Venezuela.

O pré-candidato repercute o mesmo discurso do próprio ditador, que acusa o imperialismo norte-americano por todos os problemas enfrentados pelo país através de anos de imposição de ideologia comunista.

Durante a entrevista, Ciro também aproveitou para classificar a população venezuelana que se opõe ao ditador como “neonazista”:

‘O papel natural do Brasil é de mediar este conflito entre uma oposição fascista, neonazista, entreguista, vendilhão da pátria, que é a maior parte da oposição ao Maduro, e um chavismo que não se sustenta mais, a partir da exaustão de mecanismos de cíclico apelo popular que não estão conseguindo romper o cerco de isolamento econômico, especialmente imposto pelos norte-americanos, e que provoca um isolamento muito grave’, declarou.

Qualquer semelhança deste discurso do pré-candidato com o adotado pelos partidos da extrema-esquerda do Brasil não é mera coincidência.

Com informações de BR18

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter