- PUBLICIDADE -

Dissidentes das Farc suspendem entrega de corpos de jornalistas

- PUBLICIDADE -

Guerrilheiros das Farc responsáveis pelo sequestro e assassinato de equipe de imprensa do jornal ‘El Comercio’ não deram novo prazo para devolução dos cadáveres; governo do Equador diz ter prendido 43 pessoas ligadas ao grupo armado.

Os guerrilheiros dissidentes das Farc decidiram suspender a entrega dos três corpos da equipe de imprensa, apontou a mensagem que chegou nesta segunda-feira (16) ao Comitê Internacional da Cruz Vermelho (CICR).

De acordo com informações do Estadão:

‘O CICR tomou conhecimento da posição da Frente Oliver Sinisterra expressa em comunicado publicado hoje, segunda-feira, mas permanece atento a uma possível evolução da situação’, informou o organismo internacional em comunicado.

O Equador prendeu 43 pessoas ligadas ao grupo armado ilegal colombiano responsável pelo sequestro e assassinato de dois jornalistas equatorianos e seu motorista na fronteira entre os dois países, mas as autoridades ainda procuram o líder da organização, segundo o chefe da polícia equatoriana.

O jornalista Javier Ortega, o fotógrafo Paúl Rivas e o motorista Efraín Segarra, do jornal El Comercio, foram sequestrados pela Frente Oliver Sinisterra, uma dissidência da antiga guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), em 26 de março, e na sexta-feira o governo equatoriano confirmou suas mortes na divisa conflituosa entre as nações vizinhas.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -