PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Distúrbios forçam fechamento da maior refinaria da África do Sul

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Maior refinaria da África do Sul suspende atividade devido a tumultos no país.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

A maior refinaria de petróleo da África do Sul, localizada na província de Kwazulu-Natal, suspendeu suas atividades em meio aos distúrbios violentos que assolam várias regiões do país.

A nação africana enfrenta uma situação caótica desde a prisão do ex-presidente Jacob Zuma, alvo de vários processos de corrupção.

As operações foram suspensas devido às preocupações de segurança e problemas logísticos surgidos em meio aos tumultos.

A refinaria, que é uma joint venture entre a Royal Dutch Shell e a BP, é capaz de produzir diariamente 180 mil barris de combustível.

Em nota à agência Bloomberg, a refinaria foi fechada “devido aos contínuos distúrbios e interrupção das rotas de entrega e abastecimento“.

Agora, além dos saques e da violência generalizada, a África do Sul pode começar a sofrer com a escassez de combustível.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.