Português   English   Español
Português   English   Español

Ditador da Venezuela acusado de envolvimento na morte de vereador opositor

Ditador da Venezuela acusado de envolvimento na morte de vereador opositor
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A ex-procuradora-geral venezuelana, Luisa Ortega denunciou nesta quarta-feira (16) no Tribunal Penal Internacional (TPI) a ditadura de Nicolás Maduro pela morte do vereador Fernando Albán.

Luisa Ortega precisou fugir da Venezuela após romper com o chavismo. Segundo a ex-PGR, há evidências que vinculam Maduro e a Delcy Rodríguez no caso.

O vereador Fernando Albán morreu após cair do 12º andar do prédio do Sebin, o serviço secreto de inteligência venezuelano. O regime alega suicídio.

Ortega se reuniu nesta quarta-feira (16) por uma hora e meia com a procuradoria do tribunal da ONU, para quem entregou testemunhos de funcionários da polícia e do próprio Sebin que comprovariam como ocorreu a morte de Alban, informa o “Estadão“.

A ex-procuradora relatou ainda contradições no relato sobre o suposto suicídio de Alban.

A autópsia, ainda de acordo com o relato de Ortega, foi feita por uma pessoa sem credenciais para praticá-la.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!