Português   English   Español

Ditador da Venezuela ameaça EUA com ‘revolução total e radical’

O ditador da Venezuela advertiu nesta terça-feira (11) os Estados Unidos de que enfrentarão uma “revolução total e radical” caso tentem derrubá-lo.

Durante um ato do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), Nicolás Maduro esbravejou:

Não se enganem senhores imperialistas (…). Se os golpistas se atreverem a quebrar as regras do jogo (…), vamos às ruas, à carga, à batalha e à revolução total e radical!

Manifestantes chavistas marcharam em Caracas para rechaçar os supostos planos dos Estados Unidos contra Maduro, conforme revelado pelo jornal The New York Times.

O número dois do chavismo, Diosdado Cabello, do alto de um palanque no centro de Caracas, declarou:

Se o imperialismo tentar algo contra esta pátria, é provável que entrem, o que não está claro é como vão sair. Daqui sairão derrotados.

Mil pessoas marcharam com cartazes contra Washington. Um deles mostrava o presidente americano, Donald Trump, com chifres de demônio.

Cabello, presidente da governista Assembleia Constituinte, assegurou que “o imperialismo é, em sua essência, inimigo do povo”.

“Os gringos acreditam ser donos do mundo e nós temos que ir às ruas para fazer frente a eles”, declarou.

Adaptado da fonte AFP

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter