- PUBLICIDADE -

Ditador de Belarus acusa Ocidente de tentar desestabilizar o país

Trump não reconhece Lukashenko como líder de Belarus
- PUBLICIDADE -

"Há uma tentativa de desestabilizar a situação”, diz o ditador.

O ditador Aleksandr Lukashenko acusou, nesta sexta-feira (28), os países do Ocidente de tentarem desestabilizar Belarus.

A declaração foi feita por Lukashenko durante uma reunião com o presidente da Rússia, Vladimir Putin.

Referindo-se à dura resposta da Europa ao desvio de um avião comercial da Ryanair para a capital Minsk, o ditador de Belarus declarou:

“Há uma tentativa de desestabilizar a situação até os níveis de agosto do ano passado.”

E acrescentou:

“É muito claro o que nossos amigos ocidentais estão buscando. Mas não há alturas que os bolcheviques não tenham alcançado. E vamos alcançá-las também.”

Lukashenko criticou também a União Europeia por punir a companhia aérea estatal Belavia:

“Por que estão punindo o pessoal da Belavia? Não tiveram nada a ver com isso. Foram atingidos com tudo! Aí mostraram sua verdadeira face.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -