PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Ditador diz que cubanos usam redes sociais de forma ‘venenosa’

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Líder do regime cubano aponta “calúnias” e “mentiras” nas redes sociais.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

A expansão da internet deixou o ditador Miguel Díaz-Canel, de Cuba, morrendo de medo da influência das redes sociais na sociedade.

Na noite da última quarta-feira (14), Díaz-Canel apresentou algumas supostas notícias falsas circulando na internet durante entrevista à mídia estatal.

O ditador cubano deixou clara sua insatisfação com o advento das redes sociais na ilha comunista:

“A maneira como usam as redes sociais é venenosa e alienante. É uma expressão do terrorismo da mídia.”

Enquanto o regime acusa “contrarrevolucionários” de espalharem fake news, os manifestantes alertam que elas podem ter vindo das próprias autoridades.

Em publicação no Facebook, Raúl Gallego, especialista em comunicação baseado no México, declarou:

“Muitas vezes é a segurança do Estado que lança este tipo de boatos, e depois dizem que são campanhas dirigidas do exterior para manipular os cubanos para que deixem de confiar nas informações que circulam fora do controle do governo.”

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.