Português   English   Español

Ditadores de Cuba e Venezuela se encontram

Miguel Díaz-Canel chegou à Venezuela nesta quarta-feira (30) para sua primeira viagem ao exterior como ditador de Cuba.

O cubano alega estar visitando o país em demonstração de solidariedade ao ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, que está sofrendo intensa críticas no Ocidente após uma fraudulenta reeleição.

“Nós trazemos uma mensagem de fraternidade e solidariedade… para a população e para o governo bolivariano da Venezuela, para o presidente Nicolás Maduro”, disse Díaz-Canel ao chegar ao país, parabenizando Maduro por seu “sucesso estrondoso” na votação do dia 20 de maio.

De acordo com informações da Reuters Brasil:

Os Estados Unidos, a União Europeia e importantes países da América Latina condenaram a reeleição de Maduro, que consideraram não ter cumprido com padrões democráticos. Críticas incluem o fato de dois adversários do presidente terem sido proibidos de disputar a eleição e a composição da comissão eleitoral do país.

Entretanto, China e Rússia advertiram contra qualquer interferência no país socialista e outros governos de esquerda da região, como Cuba e Bolívia, têm oferecido apoio.

Maduro foi o primeiro líder estrangeiro a encontrar com Díaz-Canel no mês passado, depois que ele substituiu Raúl Castro como presidente de Cuba.

 

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter