Ditadura abre investigação contra Guaidó por ‘traição à pátria’

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Ministério Público da Venezuela abre investigação contra Juan Guaidó.

Tarek William Saab, procurador geral da Venezuela, anunciou, na última terça-feira (14), a abertura de uma investigação contra Juan Guaidó, líder da oposição ao ditador Nicolás Maduro.

Em mensagem na rede social Twitter, Saab afirmou:

“O Ministério Público da Venezuela abre investigação contra Juan Guaidó por usurpação de função, traição à pátria, conspiração, furto qualificado de ativos e associação para prática de crimes.”

A ditadura de Maduro alega que o governo da Colômbia teria tomado posse da empresa de fertilizantes e químicos Monómeros, subsidiária da estatal Petroquímica de Venezuela S.A. (Pequiven) instalada em Barranquilla

Há dois anos, a empresa é administrada por funcionários nomeados por Guaidó, autoproclamado presidente reconhecido pelo governo colombiano, destaca o jornal Gazeta do Povo.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.