Português   English   Español

Ditadura da Venezuela continua fechando veículos de imprensa

Dez veículos de comunicação da Venezuela foram fechados ou demitiram seus funcionários após as reformas econômicas do ditador Nicolás Maduro.

“As medidas econômicas ameaçam destruir a mídia venezuelana. Pelo menos dez veículos de imprensa anunciaram seu fechamento ou a demissão de seus funcionários”, afirmou nesta quinta-feira (30) o Sindicato dos Trabalhadores da Imprensa (SNTP) pelo Twitter.

Sete jornais e uma estação de rádio local fecharam, dois jornais regionais demitiram seus funcionários ou tentam continuar publicando as informações em uma versão digital.

A SNTP também afirma que o jornal “El Universal”, um dos mais antigos e de maior circulação no país, anunciou aos seus funcionários que não poderá continuar a pagar os salários.

 

Adaptado da fonte RFI

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter