Pr Dilma e o pr da Venezuela Maduro, durante declaração a imprensa