- PUBLICIDADE -

Ditadura da Venezuela quer retomar diálogo com Brasil

Funcionários pró-Guaidó assumem embaixada da Venezuela no Brasil
- PUBLICIDADE -

Brasil e Venezuela vivem anos de intensa turbulência e ruptura diplomática.

A ditadura da Venezuela sinalizou a intenção de restabelecer um diálogo com o Brasil após a saída de Ernesto Araújo do cargo de chefe do Itamaraty.

Em declarações enviadas à coluna de Jamil Chade, no portal UOL, o ministro venezuelano Jorge Arreaza apontou que uma mensagem foi enviada ao novo  chanceler brasileiro, Carlos França.

Sempre estivemos abertos ao diálogo“, declarou o ministro de Relações Exteriores da Venezuela. 

Arreaza indicou que já havia feito um gesto similar com Ernesto Araújo, mas não houve reciprocidade. 

Fizemos isso desde o primeiro dia. É nossa obrigação“, acrescentou Arreaza. 

Nos últimos dois anos, a relação entre Brasil e Venezuela ganhou contornos de tensão em meio ao colapso da democracia no país controlado pelo regime chavista.

O governo de Jair Bolsonaro passou a reconhecer o deputado Juan Guaidó como presidente legítimo, retirou seus diplomatas da capital venezuelana e descredenciou os representantes de Maduro em Brasília.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -