Ditadura de Cuba prende artistas antes de protesto contra censura

Português   English   Español
Ditadura de Cuba prende artistas antes de protesto contra censura
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Vários artistas foram detidos em Havana ao tentarem organizar um protesto contra um novo decreto da ditadura comunista de Cuba.

Segundo os artistas, o novo decreto arrisca restringir a criatividade e aumentar a censura da cultura em Cuba.

Tania Bruguera, a mais conhecida do grupo, foi detida por agentes ao sair de casa pela manhã de segunda-feira (3).

Segundo a mãe da especialista em performances, Argelia Fernández, a detenção ocorreu antes de a filha ir ao Ministério da Cultura do país, local marcado para a manifestação.

Publicado em julho, o texto proíbe artistas, sejam eles músicos ou pintores, de “oferecer os seus serviços” em espaços públicos, incluindo casas de espetáculo privadas, sem autorização governamental, registra o jornal O Globo.

Tania, que já havia sido detida no passado por criticar publicamente a ditadura cubana, foi liberada na noite de segunda-feira, segundo Fernández. A artista decidiu ir direto para o ministério em protesto contra a detenção de colegas.

A artista foi detida novamente na noite do mesmo dia, segundo Iris Ruiz, atriz e coordenadora da campanha contra o decreto, um dos primeiros textos legislativos a serem assinados pelo sucessor de Raúl Castro no comando de Cuba, Miguel Díaz-Canel, que assumiu o poder em abril.

SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...