Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Ditadura de Cuba rejeita diálogo com artistas independentes

COMPARTILHE

Havana sufoca grito de liberdade de artistas independentes cubanos.

A liberdade de expressão é uma das principais demandas do Movimento San Isidro (MSI), um grupo de artistas independentes de Cuba criado em 12 de setembro de 2018. 

O sonho destes artistas, no entanto, foi frustrado às portas do Ministério da Cultura, em Havana.  

O grupo esperava dialogar com a ditadura comunista de Miguel Díaz-Canel e apresentar suas exigências.  

Parte do coletivo chegou a manter vigília diante do prédio governamental, na expectativa de ser recebido pelo ministro da pasta, Alpidio Alonso.  

Em nota oficial, no entanto, a ditadura cubana afirmou que “não se reunirá com pessoas que tenham contato direto e recebam financiamento, apoio logístico e respaldo propagandístico do governo dos Estados Unidos e de seus funcionários”. 

“Não somos um governo na clandestinidade. Somos uma revolução no poder, que tem, entre suas forças mais formidáveis, a cultura, uma cultura soberana, independente e anti-imperialista desde a raiz. Com mercenários, não nos entendemos”, acrescenta o comunicado. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
1 Comentário
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Marcelo
Marcelo
1 mês atrás

Sempre foram o capacho da União Soviética, depois da Russia e China nas Américas… falar com o governo de Cuba é o mesmo que tentar um diálogo com um esquizofrênico. O ego dos psicopatas é sempre inflamado.

PUBLICIDADE