Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Ditadura de Cuba trocou Porto de Mariel por Mais Médicos

Ditadura de Cuba trocou Porto de Mariel por Mais Médicos
COMPARTILHE

A ditadura comunista de Cuba ofereceu seus profissionais da saúde em troca do financiamento do Porto de Mariel através de bilhões do BNDES.

Os telegramas sobre o Mais Médicos, revelados pelo jornal “Folha de S. Paulo“, mostram que Cuba ofereceu o programa Mais Médicos ao governo de Dilma Rousseff em troca do pagamento de suas dívidas no Porto de Mariel.

O Brasil pagou a ditadura a fim de que Cuba devolvesse o dinheiro emprestado pelo governo para a obra da Odebrecht. No entanto, mesmo assim, o BNDES tomou um calote, conforme noticiou a Renova Mídia.

O governo do PT sempre soube que a ditadura castrista não poderia pagar a obra do Porto de Mariel e tentou acobertar a negociata importando mão-de-obra escrava dos médicos cubanos, como notou O Antagonista.

O jornalista Merval Pereira, em seu blog no jornal O Globo, também falou sobre o assunto:

Como não se sabe nem mesmo quanto o Brasil pagou nesses cinco anos de convênio com Cuba, e nem a forma do pagamento — se como compensação pelas obras da Odebrecht em Cuba, ou através das Opas —, será preciso agora abrir a caixa-preta do BNDES para entender exatamente o que aconteceu.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE