Ditadura Maduro acusa EUA de usar outros países para desestabilizar a Venezuela

Português   English   Español
Ditadura Maduro acusa EUA de usar outros países para desestabilizar a Venezuela
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

A ditadura Maduro declarou que os EUA utilizam nações da região para atacar e desestabilizar as instituições e a “democracia” da Venezuela.

Em anúncio divulgado através de um comunicado, a chancelaria da Venezuela afirmou:

“O Governo da República da Venezuela considera necessário tornar do conhecimento do povo venezuelano e da comunidade internacional que se continua o ataque de um grupo governos satélites, subordinados aos planos imperialistas estadunidenses, que alimentam o objetivo obsessivo de pôr em marcha um cenário desestabilizador contra a legítima institucionalidade democrática venezuelana.”

No texto, a ditadura de Nicolás Maduro repudia que os governos da Argentina, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Honduras, Panamá, Paraguai e Peru emitiram declarações e comunicados contra as instituições do país.

Segundo o “Sputnik“, o comunicado do regime da Venezuela acrescentou:

“Além do absurdo desse procedimento e da sua insólita falta de rigor e adesão ao direito internacional, é um objeto de preocupação que esses comportamentos hesitantes sejam a resposta às repreensões recebidas do governo dos Estados Unidos por terem oferecido a retificação exigida pelo presidente constitucional da República Bolivariana da Venezuela, Nicolás Maduro.”

SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...