- PUBLICIDADE -

Ditadura Maduro acusa Facebook de ‘totalitarismo digital’

Ditadura Maduro acusa Facebook de ‘totalitarismo digital’

Venezuela acusa Facebook de "totalitarismo digital" após rede social bloquear Maduro.

- PUBLICIDADE -

A ditadura da Venezuela acusou o Facebook de “totalitarismo digital” ao criticar o bloqueio de 30 dias do perfil do líder socialista Nicolás Maduro.

O ditador foi punido por “violações reiteradas” das políticas da rede social contra a desinformação relacionada à pandemia de coronavírus.

Em um comunicado divulgado pelo ministério da Comunicação e Informação, o regime chavista afirmou:

“Estamos testemunhando um totalitarismo digital, exercido por empresas supranacionais que querem impor suas leis aos países do mundo.”

E acrescentou:

“Chama a atenção que, em uma espécie de tirania do algoritmo, se persiga principalmente os conteúdos voltados para o combate da pandemia.”

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -