- PUBLICIDADE -

Ditadura Maduro quer impedir Juan Guaidó de sair da Venezuela

Ditadura Maduro quer impedir Juan Guaidó de sair da Venezuela

- PUBLICIDADE -

A ditadura de Nicolás Maduro já iniciou uma movimentação para proibir o autoproclamado presidente interino Juan Guaidó de sair da Venezuela e para congelar suas contas bancárias.

O Procurador-geral da Venezuela, Tarek William Saab, enviou nesta terça-feira (29) ao Tribunal Supremo de Justiça (TSJ) as medidas contra o líder opositor Juan Guaidó.

O procurador, que se denomina chavista, explicou que essas medidas fazem parte da investigação que pediu ao TSJ — totalmente controlado pelo regime — em 23 de janeiro, quando Guaidó se declarou presidente, acusando-o de usurpar as funções de Nicolás Maduro.

Após saber a decisão, o presidente interino afirmou que não se surpreende das decisões de Tarek Saab por considerar que formam parte de uma cadeia de “ameaças” contra ele e a Assembleia Nacional, de maioria opositora.

Em declaração na entrada do Palácio Legislativo, nesta terça-feira (29), segundo o “Estadão”, Guaidó afirmou:

“Não estou descartando (a possibilidade de) uma ameaça de prisão, não quero que seja assim da nossa parte. Muito responsavelmente eu digo ‘nada novo sob o sol’. Lamentavelmente, é um regime que não dá resposta ao venezuelano. A única resposta é a perseguição, repressão.”

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -