Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Ditadura Maduro segue prendendo jornalistas na Venezuela

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Ditadura Maduro segue prendendo jornalistas na Venezuela

Capangas do ditador Nicolás Maduro prenderam quatro jornalistas, dois deles de nacionalidade chilena, nas cercanias do Palácio de Miraflores, sede da Presidência da Venezuela.

A denúncia foi feita nesta quarta-feira (30) pelo Sindicato Nacional de Trabalhadores da Imprensa (SNTP).

De acordo com o SNTP, os jornalistas chilenos presos são Rodrigo Pérez e Gonzalo Barahona, ambos funcionários da emissora de televisão “TVN“.

Além dos chilenos, também foram detidos os jornalistas venezuelanos Maiker Yriarte e Ana Rodríguez, do canal online “VPI“.

Acredita-se que os jornalistas cobriam a vigília em defesa do ditador Nicolás Maduro, convocada pelo Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV) na semana passada, e que teve uma adesão vergonhosa da população.

De acordo com a agência “EFE“, o “VPI” qualificou em comunicado como “arbitrária” a detenção e afirmou que os quatro jornalistas “estavam no exercício das suas funções” quando ocorreram os fatos.

Nesta terça-feira (30), o jornalista brasileiro Rodrigo Lopes, do jornal “Zero Hora” também ficou retido por algumas horas, conforme noticiou a RENOVA.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email