PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

DMT: psicodélico será usado em estudo clínico contra depressão

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Empresa britânica testa DMT para desenvolver medicamentos em prol da saúde mental.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

A farmacêutica Small Pharma, do Reino Unido, recebeu aprovação regulatória para usar a substância psicodélica N-dimetiltriptamina, mais conhecida como DMT, em estudo com humanos para tratar depressão. 

O estudo está sendo feito em colaboração com o Centro de Pesquisa de Psicodélicos do Imperial College London

O objetivo da pesquisa é fornecer um tratamento de ação rápida para o transtorno.  

A DMT, também conhecida como “molécula espiritual”, é uma substância química presente em diversas plantas e animais — inclusive nos humanos. 

Com efeitos psicoativos semelhantes aos do LSD, a DMT está presente em alucinógenos conhecidos, como o chá de ayahuasca e a psilocibina.  

A pesquisa começa em janeiro de 2021. 

A primeira fase avaliará os efeitos da terapia assistida por DMT em voluntários saudáveis que nunca usaram psicodélicos e sua eficácia em pacientes que sofrem de transtorno depressivo. 

Em comunicado, a diretora médica e científica da Small Pharma, Carol Routledge, afirmou:  

“Este é um momento verdadeiramente inovador na corrida para tratar a depressão de maneira eficaz e segura, à medida que mais e mais pessoas sofrem como resultado da pandemia.” 

E acrescentou: 

“Estamos comprometidos em ajudar milhões de pacientes em todo o mundo que estão perdendo a esperança na busca por um tratamento para sua depressão, por meio do avanço deste cuidado combinado.”  

Peter Rands, CEO da empresa, disse que a DMT oferece propriedades que podem ser usadas em uso clínico com base em evidências: 

“Esperamos ajudar a reformular esses compostos antes estigmatizados como terapias médicas altamente eficazes, que podem ser integradas aos sistemas de saúde atuais e disponibilizadas para milhões de pessoas que sofrem de depressão.” 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.