Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Dodge pede que PT devolva dinheiro gasto com candidatura de Lula

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Dodge pede que PT devolva dinheiro gasto com candidatura de Lula
COMPARTILHE

“Recurso público não pode ser usados por inelegíveis”, diz Raquel Dodge.

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu nesta sexta-feira (30) ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que a campanha presidencial do PT devolva ao Fundo Partidário os valores gastos para financiar a campanha presidiário Lula nas eleições deste ano.

Segundo a procuradora, recursos públicos destinados aos partidos não podem ser usados por candidatos que estão inelegíveis.

Na ação, Raquel Dodge diz que Lula agiu de má-fé ao concorrer ao cargo. Ela argumentou:

O então pretendente a candidato Luiz Inácio Lula da Silva usou indevidamente recursos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha para custeio de atos de divulgação de sua pretensão de disputar a Presidente da República, gastos esses manifestamente ilegais diante de sua inequívoca e insuperável inelegibilidade, que o afetava desde antes da formalização do requerimento do registro de candidatura.

A PGR explica que foram gastos pela coligação Feliz de Novo, do PT e PCdoB, R$ 19,4 milhões até 31 agosto, data na qual o TSE decidiu que Lula estava inelegível pela condenação no caso do tríplex do Guarujá (SP) e negou o registro da candidatura, informa a agência Brasil.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram