Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Doença misteriosa afeta detentos em presídio em Roraima

Doença misteriosa afeta detentos em presídio em Roraima
Imagem: OAB-RR/Divulgação
COMPARTILHE

Roraima tem a segunda maior superlotação carcerária do Brasil. Atualmente, são 2.598 presos do regime fechado para 976 vagas.

Uma doença misteriosa causada por uma bactéria está desfigurando o corpo de presidiários da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo (PAMC), em Roraima.

Até agora, 24 presos estão internados com os sintomas, alguns apresentam paralisia nas pernas e a pele em decomposição.

O presidente da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil em Roraima (OAB-RR), Hélio Abozaglo, contou medidas urgentes são necessárias:

“Alguns não conseguem andar, outros estão com bactérias nos pés que estão corroendo a pele. Apesar de estarem medicados, notamos que o caso é muito sério.”

O caso foi denunciado, nesta segunda-feira (20/1), ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Ministério Público Federal (MPF) e à Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), informa o jornal Correio Braziliense.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE