Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Dois cadernos de Darwin foram roubados da Universidade de Cambridge

Dois cadernos de Darwin foram roubados da Universidade de Cambridge
COMPARTILHE

Os curadores chegaram à conclusão de que os cadernos foram provavelmente roubados.

Universidade de Cambridge, no Reino Unido, denunciou o roubo de dois cadernos de Charles Darwin, um dos quais contém seu desenho da “árvore da vida”, que se tornou o símbolo de sua teoria da evolução. 

O material está desaparecido da biblioteca da prestigiosa instituição de ensino há 20 anos. 

O caso foi denunciado à polícia e os cadernos, avaliados em vários milhões de libras, foram adicionados ao arquivo da Interpol de obras de arte roubadas. 

Em um comunicado emitido nesta terça-feira (24), a universidade informou: 

“Depois de uma busca exaustiva, a mais importante da história da biblioteca, os curadores chegaram à conclusão de que os cadernos, cujo desaparecimento foi relatado pela primeira vez em janeiro de 2001, foram provavelmente roubados.” 

Jessica Gardner, diretora de serviços bibliográficos, declarou: 

“Lamento profundamente que esses cadernos continuem desaparecidos, apesar das inúmeras buscas em grande escala nos últimos 20 anos, incluindo a maior da história desta biblioteca no início deste ano.” 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
1 Comentário
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Maria
Maria
1 mês atrás

Incrível como esses “curadores” modernos não curam mais nada. Uns deixam museu pegar fogo, outros deixam acervos científicos desaparecerem.

PUBLICIDADE