Donald Trump ameça taxar quase tudo o que importa da China

Em entrevista ao canal CNBC, nesta sexta-feira (20), Trump disse estar pronto para impor tarifas sobre US$ 500 bilhões em produtos importados da China.

O presidente dos Estados Unidos mostrou disposição em sobretaxar praticamente todos os produtos chineses que entram no país.

“Estamos pensando em uma quantidade enorme. Estou disposto a chegar aos 500 (bilhões de dólares)”, afirmou Donald Trump.

As importações de produtos da China ao país em somaram US$ 505,4 bilhões em 2017, segundo dados coletados pelo Census Bureau’s.

Enquanto isso, Pequim importou US$ 129,8 bilhões em produtos americanos – déficit comercial de US$ 375,5 bilhões para os EUA no ano passado.

De acordo com informações do Valor Econômico:

Neste ano, até o mês de maio, os EUA já importaram US$ 205,1 bilhões. O dado é anterior às aplicações mútuas de tarifas sobre US$ 34 bilhões que começaram a valer no dia 6 de julho.

Junto com essas tarifas iniciais sobre US$ 34 bilhões, os dois países também já prepararam uma segunda lista com taxas sobre mais US$ 16 bilhões. Trump disse que aplicará as taxas sobre essa segunda lista em breve, enquanto a China promete retaliar sobre o mesmo valor assim que a Casa Branca iniciar a nova cobrança.

Segundo informações do BOL:

Perguntado sobre se o preocupa que tal medida pudesse ter um efeito negativo na Bolsa, o presidente se limitou a dizer: “Bom, de fato, tudo bem; se baixar, que baixe”.

Se realizar esta ação, seria a terceira bateria tarifária que Washington adota especificamente contra a China, com a qual Trump entrou em uma guerra tarifária desde o começo de julho.

Os EUA desferiram o primeiro golpe, no dia 5 de julho, ao anunciar a imposição de tarifas aos produtos chineses no valor de US$ 34 bilhões, ao qual a China respondeu em seguida com medidas idênticas por causa de quantias idênticas.

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia