Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Donald Trump aprovou ciberataques contra o Irã

Tarciso Morais

Tarciso Morais

COMPARTILHE

Casa Branca alertou dirigentes industriais a ficarem de sobreaviso para possíveis ciberataques vindos do Irã.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, aprovou uma ofensiva cibernética que desabilitou sistemas computadorizados usados pelo Irã para controlar lançamentos de mísseis e foguetes.

A decisão foi tomada por Trump ao mesmo tempo em que desistia de um ataque militar convencional que seria lançado em resposta à derrubada de um drone militar note-americano não tripulado.

Lançados na noite da última quinta-feira (20) por funcionários do Comando Cibernético dos Estados Unidos, os ciberataques vinham sendo preparados havia semanas ou mesmo meses.

Apesar de paralisar os sistemas iranianos de comando e controle militar, a operação não provocou perda de vidas nem baixas civis, em contraste com o que ocorreria com ataques convencionais, que o presidente norte-americano cancelou não seriam “proporcionais”, segundo informações do site Yahoo News.

A Casa Branca se negou a dar declarações sobre o assunto, assim como representantes do Comando Cibernético.

A porta-voz do Pentágono Elissa Smith disse: “Por uma questão de política nossa e de segurança operacional, não discutimos operações no ciberespaço, inteligência ou planejamento”.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.