Dono da Amazon tenta seguir os passos de George Soros

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

O fundador da Amazon, Jeff Bezos, anunciou que vai lançar um fundo filantrópico com um compromisso inicial de US$ 2 bilhões.

Jeff Bezos vai lançar um fundo filantrópico com um compromisso inicial de US$ 2 bilhões para ajudar famílias carentes e construir pré-escolas em comunidades de baixa renda, segundo informações do Correio Braziliense.

O homem mais rico do mundo fez este anúncio no Twitter um ano depois de pedir idéias sobre como ele poderia usar sua fortuna pessoal – estimada em cerca de US $ 163 bilhões – para esforços de caridade.

A iniciativa seria louvável, caso o empresário não fosse outro globalista tentando manter o controle da população através da manipulação de informações. Bezos é proprietário do jornal The Washington Post (WaPo).

O WaPo é um dos maiores jornais do planeta e um dos principais críticos do presidente dos Estados Unidos. Defensor do politicamente correto e da agenda progressista, a mídia de Bezos é responsável por diversas fake news com objetivo de prejudicar Donald Trump.

Bezos segue o padrão típico da grande mídia. Enquanto dispara constantemente contra Trump, usa de sua influência para construir a imagem de que o Presidente norte-americano é uma ameaça à liberdade de imprensa.

Segundo informações da IstoÉ:

Durante uma sessão de perguntas e respostas em um jantar organizado pelo “Economic Club” de Washington, Bezos declarou que os ataques de Trump ameaçam abalar as proteções e normas de convivência social que são fundamentais à democracia.

“É perigoso demonizar a mídia. É perigoso chamar de escória a mídia. É perigoso dizer que são os inimigos do povo”.

“Vivemos em uma sociedade na qual não são apenas as leis que nos protegem… são também as normas sociais que nos protegem. Funciona porque acreditamos nas palavras naquele pedaço de papel”, completou.

Bezos disse que Trump e outras figuras públicas deveriam saber que serão objeto do escrutínio público e da imprensa, o que ele considera “saudável”.

Estes bilionários nunca investem parte de suas fortunas sem um objetivo oculto. O maior exemplo disso é o magnata húngaro-americano George Soros.

Rotulado pela grande mídia como um respeitável filantropo, Soros é visto por muitas pessoas e por alguns governos como o principal financiador de movimentos esquerdistas tentando implementar a agenda progressista ao redor do globo.

O bilionário age de forma sutil através de gordos investimentos em organizações não-governamentais. Seria Jeff Bezos um discípulo do magnata?

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Isso também pode te interessar

Deixe seu comentário

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações