Português   English   Español

Apoie o jornalismo independente!

Dono do PSG acusado formalmente por crime de corrupção na França

Dono do PSG acusado formalmente por crime de corrupção na França
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Os pagamentos de suborno foram descobertos durante as investigações do escândalo de doping de atletas da Rússia.


Nasser Al-Khelaifi, presidente do clube francês Paris Saint-Germain, passou a ser considerado acusado por crime de corrupção.

Eles é alvo de uma investigação que apura possíveis irregularidades na candidatura de Doha, no Catar, para ser sede do Campeonato Mundial de Atletismo, realizado em 2017.

De acordo com a agência EFE, Al-Khelaifi teria sido o responsável por pagar US$ 3,5 milhões ao então presidente da Federação Internacional de Atletismo (IAAF), o senegalês Lamine Diack.

Além de mandatário pelo Paris Saint-Germain, Al-Khelaifi também é o responsável máximo pela Qatar Sports Investment (QSI), braço esportivo do fundo criado pelo governo catariano para investir em diversos projetos espalhados pelo mundo.

Esta é a segunda vez que Al-Khelaifi é acusado de envolvimento com corrupção. Em 2017, o dirigente foi alvo de uma denúncia na Justiça da Suíça por irregularidades na concessão dos direitos de transmissão na Ásia das Copas do Mundo de 2026 e 2030.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on reddit
Share on linkedin
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...