Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Doria classifica protestos do dia 15 de março como inoportunos

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Doria afasta mais 32 policiais envolvidos no caso de Paraisopolis
Imagem: Valter Campanato/Agência Brasil

“Não vivemos uma escalada de autoritarismo, vivemos numa democracia e o regime democrático prevê respeito pelos poderes”, diz Doria.

João Doria (PSDB), governador de São Paulo, classificou, neste domingo (23), de “inoportuna” a convocação de uma manifestação em defesa do presidente da República, Jair Bolsonaro.

A mobilização de apoiadores do chefe do Executivo acontece após o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, criticar o Congresso Nacional, acusando-o de chantagem.

Doria disse ver com “muita preocupação” a convocação, afirmando ainda que o Brasil não pode viver uma escalada de autoritarismo.

Segundo o site UOL, o governador tucano disse que tem de haver respeito pelos três poderes que governam o Brasil:

“Não vivemos uma escalada de autoritarismo, vivemos numa democracia e o regime democrático prevê respeito pelos poderes, e nós (governadores) representamos o Poder Executivo. Ele (Bolsonaro) tem que representar o que uma República, uma democracia espera de um presidente da República.”

A declaração foi proferido ao lado de ex-assessores da campanha eleitoral de Bolsonaro, o empresário Paulo Marinho e Gustavo Bebiano, filiado ao PSDB para fortalecer o partido no Rio de Janeiro.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias