Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Doria defende Bolsonaro durante discurso em Nova York

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Doria defende Bolsonaro durante discurso em Nova York

A festa da Câmara de Comércio Brasil-Estados Unido aconteceu na noite desta terça-feira (14) em Nova York.

O evento premiou o presidente da República, Jair Bolsonaro, e o chanceler dos EUA, Mike Pompeo, chefe da diplomacia americana, como personalidades do ano. No entanto, nenhum dos dois esteve presente.

No caso do líder do Brasil, a ausência aconteceu depois de boicotes e protestos, estimulados pelo prefeito da cidade, Bill de Blasio.

Sem integrantes do Poder Executivo nacional, o evento teve o protagonismo de João Doria, governador de São Paulo. Em inglês, o tucano criticou De Blasio:

“Da próxima vez, seja gentil com o presidente de nosso país e com os brasileiros que visitam sua cidade, sejam quem forem […]. Apesar de você, nós amamos Nova York e amamos a América.”

Em seu perfil oficial no Twitter, Doria compartilhou um vídeo de parte do discurso:

Segundo o Estadão, os desagravos a Bolsonaro não ficaram restritos ao governador. Alexandre Bettamio, presidente da Câmara de Comércio Brasil-EUA, declarou:

“Como vocês sabem, o presidente Bolsonaro, eleito democraticamente e representando a escolha da maioria do nosso povo, decidiu não comparecer à premiação após manifestações de intolerância que recebeu.”

E acrescentou:

“Esse acabou virando um jantar muito simbólico. Temos hoje mais de mil pessoas presentes, com apoio de 90 empresas, que decidiram vir não somente para mostrar solidariedade ao presidente mas também aos princípios que regem a Câmara, que é a comunhão pacífica dos dois países.”

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email