- PUBLICIDADE -

Doria diz que manifestantes em São Paulo são ‘aliados da doença’

Doria afasta mais 32 policiais envolvidos no caso de Paraisopolis
Imagem: Valter Campanato/Agência Brasil
- PUBLICIDADE -

“No Brasil, alguns insistem em tratar a doença como se ela escolhesse cor partidária”, diz Doria.

João Doria, governador de São Paulo, teceu duras críticas aos protestos realizados neste sábado (18) contra as medidas restritivas impostas no combate à pandemia do novo coronavírus.

Pelo segundo final de semana consecutivo, manifestantes fizeram uma carreata na capital paulista pedindo o impeachment de Doria.

Em mensagem no Twitter, o governador tucano declarou:

“Neste sábado, São Paulo chegou a 991 mortos e a doença já atingiu 225 cidades do nosso Estado. No mesmo dia, algumas manifestações a favor do coronavírus surgiram como ato de sabotar o trabalho de profissionais da saúde.”

E acrescentou:

“No Brasil, alguns insistem em tratar a doença como se ela escolhesse cor partidária. São aliados da doença.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -