Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Doria diz que origem da vacina não deve ser levada em conta

Doria quer aplicação da vacina chinesa já em dezembro
Imagem: Reprodução/Band
COMPARTILHE

"A vacina é o que vai salvar a todos, não é política, não é ideologia", disse Doria.

O governador João Doria (PSDB), de São Paulo, afirmou, nesta quarta-feira (21), que “não devemos avaliar a origem da vacina, mas sua eficácia”.

E coletiva de imprensa no Senado Federal, em Brasília, Doria disse que o Brasil não pode participar de uma corrida pela vacina, mas pela vida.

“A vacina é o que vai salvar a todos, não é política, não é ideologia”, disse Doria.

Em mensagem no Twitter, Doria fez um apelo ao presidente da República, Jair Bolsonaro:

“Peço ao presidente Jair Bolsonaro que tenha grandeza. E lidere o Brasil para a saúde, a vida e a retomada de empregos. A nossa guerra não é eleitoral. É contra a pandemia. Não podemos ficar uns contra os outros. Vamos trabalhar unidos para vencer o vírus. E salvar os brasileiros.”

Mais cedo, em mensagem no Twitter, Bolsonaro garantiu que os brasileiros não serão cobaias de uma vacina chinesa.

“Para o meu Governo, qualquer vacina, antes de ser disponibilizada à população, deverá ser comprovada cientificamente pelo Ministério da Saúde e certificada pela Anvisa”, disse Bolsonaro, como noticiou a RenovaMídia.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE