Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Doria quer aplicação da vacina chinesa já em dezembro

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Doria quer aplicação da vacina chinesa já em dezembro
Imagem: Reprodução/Band
COMPARTILHE

Distribuição da vacina fora de São Paulo pode ocorrer em caso de arranjo com o governo Bolsonaro.

A Coronavac, vacina contra o coronavírus criada pela farmacêutica Sinovac, da China, se mostrou segura em seu teste da chamada fase 3 em 50 mil voluntários.

O imunizante, que será produzido em conjunto no Brasil pelo Instituto Butantan, vem sendo aguardado com ansiedade pelo governador de São Paulo, João Doria.

Em entrevista coletiva, nesta quarta-feira (23), Doria disse que os primeiros a serem vacinados serão os profissionais de saúde.

Um lote de 5 milhões de vacinas deve chegar da China no mês de outubro.

Até dezembro haverá 6 milhões de doses importadas prontas e outras 40 milhões formuladas a partir de insumos chineses no Butantan, destaca o jornal Folha.

“Teremos 60 milhões de doses até 28 de fevereiro, mais que suficiente. Vamos vacinar os brasileiros de São Paulo e, espero, os brasileiros de todo o Brasil”, disse Doria.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram