Duterte manda polícia das Filipinas matar quem tumultuar quarentena

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“Se surgir situações em que pessoas briguem, e a sua vida está em perigo, disparem e matem”, diz Duterte.

Rodrigo Duterte, presidente das Filipinas, autorizou que policiais matem pessoas que estejam “causando problemas” nas áreas que estão em isolamento por conta da pandemia do novo coronavírus.

Durante pronunciamento em cadeia nacional de televisão, nesta quarta-feira (1º), Duterte declarou:

“As minhas ordens são para policiais e aos militares, incluindo os funcionários nos vilarejos, que se há problemas ou se surgir situações em que pessoas briguem, e a sua vida está em perigo, disparem e matem.”

Em um recado diretamente para os cidadãos, o mandatário foi claro:

“Ao invés de você causar problema, eu te mandarei para o túmulo.”

O anúncio foi uma resposta ao protesto contra as medidas de restrição registrado na cidade de Quezon horas antes. No local, 21 pessoas foram detidas por violarem a quarentena, destaca a agência ANSA.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.