Português   English   Español

Duterte quer criar esquadrão para matar guerrilheiros comunistas

A ameaça do presidente Rodrigo Duterte de criar seu próprio “esquadrão da morte” para assassinar comunistas gerou muitas críticas nas Filipinas.

Membros do Partido Comunista, legisladores, grupos de esquerda e defensores dos direitos humanos criticaram a intenção de Rodrigo Duterte de formar sua própria equipe de matadores de aluguel para combater a guerrilha maoísta do Novo Exército do Povo (NEP).

Em discurso na noite desta terça-feira (27) diante de membros das forças armadas, o presidente das Filipinas declarou:

Poderei ser obrigado a criar a minha própria unidade ‘Sparrow’, o esquadrão da morte de Duterte, para acabar com esses assassinos maoístas.

Duterte fez menção às milícias conhecidas como “Sparrow”, criadas pelo NEP nos tempos da ditadura de Ferdinand Marcos (1965-1986) para matar agentes das forças da ordem.

“Vou buscar pessoas com o mesmo talento para matar”, afirmou o presidente, que alegou que tentou um diálogo de paz com o NEP, mas estes responderam com o assassinato de policiais e militares.

 

Adaptado da fonte EFE

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter