Duterte oferece recompensa por cabeça de guerrilheiros comunistas

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, ofereceu recompensas de quase US$ 500 a quem matar rebeldes comunistas do Novo Exército do Povo (NEP).

A guerrilha comunista NEP se encontra nas listas de grupos terroristas das Filipinas, dos Estados Unidos e da União Europeia.

Segundo a transcrição oficial de um discurso pronunciado ontem em Zebu, no centro do país, o presidente Duterte afirmou:

Se você mata um NEP hoje te pagarei 25.000 pesos (US$ 487).

A declaração de Rodrigo Duterte foi uma resposta ao líder do Partido Comunista das Filipinas, José María Sisón, que de seu exílio na Holanda assegurou na semana passada que a guerrilha comunista é capaz de matar um soldado por dia.

De acordo com informações da EXAME:

Duterte argumentou que pagar 25.000 pesos a todos os que matem um terrorista seria mais barato para o Estado que financiar uma guerra contra esta organização comunista que tem uma ampla presença nas zonas rurais do país, onde comete frequentemente extorsões e atentados.

“Se você trabalha duro para arrastar-se pela floresta, é certo que pode atirar em pelo menos um. E se podes disparar contra um pássaro que voa sobre você, como não vai ser capaz de acertar um NEP que tem a cabeça maior?”, se perguntou.

Duterte, que provocou risadas no público, não revelou mais detalhes sobre a oferta, razão pela qual se desconhece se levará à prática.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.