Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Duvivier sugeriu possíveis alvos de invasão para hacker preso

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Duvivier sugeriu possiveis alvos de invasao para hacker preso
Imagem: Divulgação/YouTube
COMPARTILHE

Humorista e militante de extrema-esquerda sugeriu a hacker preso que invadisse celulares de Bretas, Witzel e da cúpula da Globo.

O relatório final do inquérito da Operação Spoofing, da Polícia Federal (PF), revela uma troca de mensagens entre o humorista Gregório Duvivier e o hacker Walter Delgatti Neto.

Conhecido como “Vermelho”, Delgatti Neto está preso, em Brasília, após confessar ter invadido celulares de autoridades do Brasil e acessar conversas privadas. 

No computador do hacker, a PF encontrou um atalho chamado “GREGORIO DUVIVIER.Ink” com diálogos do humorista obtidos dentro do aplicativo Telegram. 

Nas mensagens, Duvivier sugere a Vermelho entrar nos celulares do governador do Rio, Wilson Witzel, do juiz da Lava Jato, Marcelo Bretas, e da alta cúpula da Rede Globo.

De acordo com informações da PF publicadas pela revista Veja, nesta quinta-feira (19), o primeiro contato entre Delgatti e Duvivier ocorreu no dia 14 de julho de 2019. O humorista perguntou se o hacker tinha conseguido algo de comprometedor contra a família do presidente da República, Jair Bolsonaro

Diante da resposta negativa, ele então cita a Globo e indica nomes da emissora que poderiam ter suas contas invadidas. O humorista e militante de extrema-esquerda não é formalmente investigado pela PF, mas colaborou com a polícia.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.