Português   English   Español
Português   English   Español

Ebola já matou 900 pessoas em nove meses no Congo

Ebola já matou 900 pessoas em nove meses no Congo
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A epidemia de febre hemorrágica Ebola já deixou 900 mortos desde agosto na República Democrática do Congo (RDC).

Autoridades de saúde afirmam que a insegurança e resistência do governo do Congo em reconhecer a gravidade do problema impedem uma resposta adequada à crise.

Desde o início da epidemia, “1.396 casos foram registrados, dos quais 1.330 confirmados e 66 prováveis. No total, houve 900 mortes” até 25 de abril, informou o ministério da Saúde em seu último relatório datado de sexta-feira.

De acordo com essa fonte, 394 pessoas foram curadas, enquanto 260 casos suspeitos “estão sendo estudados”.

A epidemia foi declarada em 1º de agosto na província de Kivu do Norte (nordeste) e marginalmente na vizinha Ituri.

O epicentro deslocou-se de Mangina, zona rural, para a cidade de Beni, e agora para Butembo-Katwa, 50 quilômetros ao sul de Beni.

A atual epidemia de febre hemorrágica ebola é a décima e a mais grave epidemia registrada em território congolês desde 1976, informa a AFP.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!