Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

‘Economias foram dizimadas pelo vírus de Wuhan’, diz Pompeo

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Iraque aceita presença de militares dos EUA, diz Pompeo
COMPARTILHE

Enquanto Trump gosta de falar sobre o “vírus chinês”, Pompeo adota o termo “vírus de Wuhan”.

Para o desespero do regime comunista em Pequim, o chanceler dos Estados Unidos, Mike Pompeo, voltou a usar a terminologia “vírus de Wuhan”, nesta quarta-feira (25), ao comentar sobre a nova variante de coronavírus.  

Wuhan é o nome da cidade da China onde o vírus foi detectado pela primeira vez em dezembro de 2019.

O governo Donald Trump acusa o regime chinês de não ter sido transparente no início do surto e de ter deixado a doença se espalhar pelo planeta.

Em uma entrevista coletiva após reunião virtual com seus colegas do G-7 (Alemanha, França, Reino Unido, Itália, Canadá e Japão), Pompeo declarou:

“Queremos desesperadamente trabalhar com todos os países do mundo, incluindo a China, para encontrar soluções para manter o maior número possível de pessoas vivas [e] depois restaurar nossas economias que foram dizimadas pelo vírus de Wuhan.”

E, segundo o portal G1, acrescentou:

“Mas cada uma das nações que estava na reunião desta manhã está profundamente ciente da campanha de desinformação promovida pelo Partido Comunista Chinês para tentar se livrar.”

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram