Ex-bispo acusa Edir Macedo de forçar pastores a fazer vasectomia em clínicas clandestinas

Português   English   Español
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

“Fiz vasectomia a mando da Igreja, em clínica clandestina. Eu não tinha filhos, não tinha idade para fazer”, diz Alfredo Paulo.

De acordo com informações de Notícias ao Minuto:

Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) e do Grupo Record de Comunicação, foi acusado de obrigar pastores e bispos ligados à Igreja a passarem por cirurgia de vasectomia – para não terem filhos – antes mesmo de se casarem.

A acusação foi divulgada na segunda-feira (11) no primeiro episódio da série de reportagens da rede portuguesa TVI, “O segredo dos Deuses”, sobre o suposto envolvimento da IURD com uma rede internacional de tráfico de crianças ‘raptadas’ de Portugal.

Segundo a reportagem produzida por Alexandra Borges e Judite França, os filhos são vistos para a instituição como distração, empecilho e gasto extra para o seu funcionamento. A IURD, voltada para a prosperidade financeira e expansão global, costuma deslocar seus pastores entre os 182 países em que atua. “O pastor viaja muito, um dia está aqui outro dia está acolá, há muitas trocas”, disse Teresa Paulo, esposa do ex-bispo Alfredo Paulo, também ouvida pelas repórteres.

SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...