Português   English   Español

Eduardo Bolsonaro critica Enem e defende Escola Sem Partido

Eduardo Bolsonaro critica Enem e defende Escola Sem Partido

O deputado federal eleito Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) criticou nesta segunda-feira (5) uma questão do Enem.

Em sua conta no Twitter, o deputado federal mais votado da história criticou a questão do Enem que cita o dicionário do universo gay, Aurélia.

Após afirmar que “não é requisito para ser ministro da educação saber sobre dicionário dos travestis ou feminismo”, Eduardo Bolsonaro replicou, na sequência, a postagem da jornalista Claudia Wild em defesa da aprovação do projeto Escola Sem Partido.

Logo em seguida, o filho de Jair Bolsonaro continuou tecendo críticas ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Deixe seu comentário

Veja também...