PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Eduardo Bolsonaro defende ‘diálogo’ com membros do Centrão

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

“O presidente tem de ter algum tipo de diálogo com quem está ali”, diz Eduardo.

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) defendeu, neste domingo (31), as negociações de cargos na administração federal a partidos do Centrão pela necessidade de “diálogo”. 

Eduardo justificou¹ dizendo que há muitos postos ainda ocupados por pessoas indicadas na gestão de Dilma Rousseff (PT) e, por isso, precisam ser trocadas.

“O presidente não elege o Congresso, quem elege são as pessoas. E o presidente tem de ter algum tipo de diálogo com quem está ali. Foi feliz no diálogo que aprovou a reforma da Previdência e hoje em dia ele mantém diálogos.”

O filho do presidente da República, Jair Bolsonaro, enfatizou:

“A estrutura da União é gigantesca. Se você fosse o presidente teria mais do que 20, 30 nomes, pessoas competentes daquela área para botar diante de determinadas empresas públicas, estruturas do governo? É difícil.”

Eduardo completou²:

“O que eu sei é que tem muita gente ainda que foi indicada desde os tempos de Dilma Rousseff e isso não está de acordo com a proposta vencedora de 2018. Você não pode ter pessoas em escalões inferiores trabalhando contra o governo e é preciso identificar e trocar essas pessoas, se puder.”

O presidente Bolsonaro aprovou, nesta segunda-feira (1), a indicação de Marcelo Lopes da Ponte para o comando do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Lopes da Ponte é mais uma indicação³ do governo do chamado Centrão, bloco de partidos que trocam cargos por apoio no Congresso Nacional.

O indicado ao FNDE era chefe de gabinete do senador Ciro Nogueira(PP-PI), que é alvo de denúncias de corrupção. O parlamentar nega todas as acusações.

Referências: [1][2][3]
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.