Eduardo Bolsonaro diz que PSL não deverá disputar presidência da Câmara

Idiomas:

Português   English   Español
Eduardo Bolsonaro diz que PSL não deverá disputar presidência da Câmara
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Dono da segunda maior bancada para a Câmara, com 52 parlamentares eleitos, o PSL não deverá disputar o comando da Casa em 2019.

A afirmação foi feita pelo atual líder da bancada, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (SP), segundo informações da “EBC“.

Integrantes do partido eleitos para o Congresso Nacional se reuniram com o presidente eleito, Jair Bolsonaro, também filiado à legenda, na tarde desta quarta-feira (12), em Brasília, para discutir a governabilidade do futuro governo.

Em conversa com jornalistas após o encontro, Eduardo declarou:

Eu acho muito difícil [o PSL lançar candidato a presidente da Câmara], acredito que vá ser uma pessoa de outro partido. Essas articulações estão acontecendo dentro do Congresso, estão ventilando, todos que estão ali estão se articulando publicamente ou nos bastidores.

Eduardo Bolsonaro disse que, durante a reunião, o presidente eleito pediu serenidade aos parlamentares do PSL.

O filho do futuro chefe de Estado declarou:

[Jair Bolsonaro] pediu um pouquinho de serenidade [aos deputados] para não declarar votos para a presidência da Câmara ou qualquer outro cargo, para eles primeiro sentirem o clima. As negociações e articulações dentro da Câmara ainda estão ocorrendo, então mais pra frente a gente vai ter uma visão mais clara de como proceder nessas votações.

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as últimas notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque