- PUBLICIDADE -

Eduardo Bolsonaro quer tipificar ação do MST como terrorismo

Eduardo Bolsonaro quer tipificar ação do MST como terrorismo
- PUBLICIDADE -

Reeleito com 1,8 milhão de votos em São Paulo – o mais bem votado da história da Câmara -, Eduardo Bolsonaro defendeu a tipificação como terrorismo dos atos do Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST).

“Se fosse necessário prender 100 mil pessoas, qual o problema nisso?”, declarou o filho do presidente eleito Jair Bolsonaro.

Eduardo Bolsonaro também disse querer criminalizar o comunismo no País, a exemplo da Polônia, da Ucrânia e da Indonésia.

O deputado federal defende idade mínima para a aposentadoria diferente entre trabalhadores braçais e de escritório. E quer aprovar o projeto Escola Sem Partido, além de propor uma Constituinte exclusiva para a reforma política. Não descarta ser candidato a prefeito ou governador de São Paulo.

Em entrevista ao jornal Estadão, Eduardo falou que almeja criar uma espécie de Foro de São Paulo da direita.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -