Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Eduardo critica acesso irregular a dados fiscais da família Bolsonaro

Eduardo critica acesso irregular a dados fiscais da família Bolsonaro
COMPARTILHE

Eduardo Bolsonaro criticou o acesso irregular a dados sigilosos da sua família por funcionários da Receita Federal.

Os dados fiscais do presidente da República, Jair Bolsonaro, e de seus familiares foram acessados por servidores da Receita Federal ao longo de 2018, inclusive em datas importantes do calendário eleitoral.

Um dos servidores negou que tenha cometido vazamento de informação e disse que não houve quebra de sigilo fiscal. Uma de suas justificativas é que ele fez campanha para Bolsonaro nas eleições.

Em postagem na rede social Twitter, na tarde do último sábado, 6 de abril, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) declarou:

“E assim vão devassando nossas vidas ilegalmente, vazam propositalmente para a imprensa e aí a narrativa já está pronta. Sabíamos que seria assim, mas é preciso fazer esses maus funcionários sentirem o peso da lei! Ninguém está acima e nem abaixo da lei.”

Já neste domingo (7), citando uma matéria da RENOVA, Eduardo ironizou a desculpa oferecida pelo advogado de um dos servidores envolvidos no escândalo.

“Ele relatou que foi um acesso involuntário, sem maldade, sem quebra de sigilo, sem nada de transferir informações. Foi uma besteira, sem maldade, sem medir as consequências da atitude”, disse o advogado de Odilon Ajub Alves.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários