Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Eduardo Cunha está negociando delação premiada, diz PGR

Tarciso Morais

Tarciso Morais

STF mantém ordem de prisão de Eduardo Cunha
COMPARTILHE

“Ele apresentou 152 anexos. Mas os primeiros 92 não tinham nenhum valor”, disse Aras sobre Cunha.

O Procurador-Geral da República (PGR), Augusto Aras, afirmou que o combate à corrupção continua sendo prioridade na sua gestão.

Em entrevista publicada nesta sexta-feira (25) pela revista Veja, Aras revelou que existem arquivos da operação “Lava Jato” que podem desencadear novas operações, e defendeu a atuação da sua gestão:

“Demos um enorme impulso ao combate à corrupção. Muitas críticas que recebi diziam respeito a essa área. Em um ano, tivemos mais autoridades com prerrogativa de foro investigadas e denunciadas nos tribunais superiores. Fizemos isso, sem escândalo e com segurança jurídica.”

Aras disse ainda que está em andamento a negociação de um acordo de delação premiada com o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha:

“Estamos analisando a tentativa do ex-deputado Eduardo Cunha de realizar um acordo de delação. Ele apresentou 152 anexos. Mas os primeiros 92 não tinham nenhum valor nem nada de novo. Mas, agora, seus advogados estão trazendo sessenta novos anexos. Talvez tenhamos elementos para uma colaboração.”

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram