Eduardo Cunha na prisão domiciliar graças ao coronavírus

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Juíza manda Cunha para prisão domiciliar por causa do novo coronavírus.

A juíza federal substituta Gabriela Hardt, da 13ª Vara da Justiça Federal de Curitiba, enviou, nesta quinta-feira (26), o ex-deputado Eduardo Cunha para prisão domiciliar.

A decisão da magistrada foi motivada pela pandemia do novo coronavírus.

Segue abaixo um trecho da decisão:

“Considerando a excepcional situação de pandemia do vírus Covid-19, por se tratar o requerente de pessoa mais vulnerável ao risco de contaminação, considerando sua idade e seu frágil estado de saúde, substituo, por ora, a prisão preventiva de Eduardo Consentino da Cunha por prisão domiciliar, sob monitoração eletrônica.”

Preso no âmbito da operação “Lava Jato“, Cunha precisará usar tornozeleira eletrônica, destaca o portal G1.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.