Português   English   Español

Efeito Bolsonaro impulsiona Bolsa a fechar na máxima histórica

Efeito Bolsonaro impulsiona Bolsa a fechar na máxima histórica

A Bolsa brasileira fechou na máxima histórica nesta quinta-feira, 1 de novembro, neste que é o último pregão da primeira semana após a eleição de Jair Bolsonaro para presidente do país.

O exterior positivo e os bons resultados de empresas brasileiras também ajudaram a conduzir o Ibovespa para o recorde. O dólar fechou em leve queda.

O Ibovespa, principal índice acionário do país, avançou 1,13%, a 88.419 pontos. O recorde anterior, de 87.652 pontos, foi registrado em 26 de fevereiro de 2018, segundo a B3. Na máxima do dia, chegou a valer 89.017 pontos, e o volume financeiro somou R$ 18,8 bilhões.

O mercado financeiro segue otimista com a perspectiva de reformas que devem ser propostas pelo presidente eleito Jair Bolsonaro, ainda que nesta quinta o noticiário tenha sido voltado à indicação do juiz federal Sergio Moro para o cargo de Ministro da Justiça no novo governo.

 

Adaptado da fonte Folha

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe seu comentário

Veja também...